Receita de Réveillon | Camafeu

Encerrando os posts de 2016 com uma receita divina que combina muito com o glamour e o brilho da noite de Réveillon, e que entre os doces finos que sei fazer, está no topo dos meus preferidos, o camafeu de nozes!

camafeu03-1-de-1

O Camafeu foi inspirado em um objeto muito usado de decoração por pessoas nobres entre os séculos XV e XIX. O doce levou esse nome pelo seu formato, que lembra o da joia. Ele geralmente é feito para casamentos e é considerado um doce “nobre”.

Você vai precisar de:

2 caixas de leite condensado

1 colher (sopa) de manteiga

150gr de nozes moídas (bati no liquidificador)

150gr de nozes inteiras para decoração

Modo de preparo: Junte os ingredientes em uma panela e mexa até dá o ponto, que é quando solta do fundo (ponto de brigadeiro comum).

camafeu01-1-de-1

Em seguida, com o doce já pronto e frio, e com auxílio de uma colher enrole-os nesse formato da foto abaixo:

camafeu02-1-de-1

Passe-os no chocolate pra cobertura derretido (branco de preferência) para cobri-los e depois de secos, cole a noz em cima do doce. Rende 64 docinhos.

OBS: As Nozes foram “tingidas” de dourado com pó para decoração alimentício, facilmente encontrado em qualquer casa de confeitaria. Para tingi-las, coloque um pouco do pó em um saco plástico, corte a castanha ao meio e misture ao pó com o saco fechado. Só sacudir um pouco e as nozes sairão todas douradinhas!

camafeu04-1-de-1

Espero que tenha gostado da receita, e que seu ano novo seja maravilhoso e surpreendente. Feliz 2017!

Um Beijo.

13260941_113543722397475_952557500_n

Bala de Vidro | Baiana

Aproveitando que estamos no fim de semana e com um pé no feriado, quis compartilhar com você a receita da famosinha e deliciosa bala de vidro, também conhecida como bala baiana.

baladevidro05-1-de-1

Não tem um ser humano que não curte e têm muitas receitas dela por ai pela internet, mas por já ter feito algumas vezes, trouxe algumas dicas essenciais pra você poder fazer em casa sem nenhuma dificuldade, e sem levar nenhum susto. Quando experimentei a primeira vez, o recheio era de leite ninho, mas a receita original é com aquele tradicional docinho de coco (beijinho). Eu gosto das duas versões, alias, gosto de todas que já experimentei (você pode fazer do doce que quiser). Só tome muito cuidado com a calda, que deve ser utilizada ainda quente.

Para preparar o doce, você vai precisar de:

1 lata de leite condensado

1 colher (sopa) de manteiga

200 gr de coco ralado desidratado

OBS: Se optar por usar coco ralado natural, não utilize a manteiga, acrescente apenas 50 gramas de creme de leite.

Em uma panela coloque todos os ingredientes e mexa até soltar da panela que é o ponto exato de enrolar os docinhos. Deixe esfriar, enrole e pra obter um melhor resultado no preparo das balas, congele-os. No meu caso, não pude esperar congelar os docinhos pra passar na calda por falta de tempo, por isso não ficaram tãaaao lindos e nem redondinhos 😛 .

Para a calda:

1 xícara de açúcar

3 colheres de vinagre branco

OBS: Misture o açúcar e o vinagre antes de ligar o fogo, e depois não mexa até que fique com uma cor caramelo, que é o “ponto de estalo” da calda. Esquente-a sempre que necessário, pois a medida em que vai esfriando, ela vai endurecendo.

baladevidro01-1-de-1

Com os doces congelados e com o auxilio de um garfo, passe-os na calda quente e coloque em uma assadeira de alumínio ou papel manteiga.

baladevidro03-1-de-1

baladevidro07-1-de-1

Depois de frios, embale naqueles saquinhos de bombom, ou em forminhas tradicionais. A decoração fica por sua conta!

baladevidro04-1-de-1

baladevidro06-1-de-1

DICA: Se fizer de um dia para o outro, conserve-os na geladeira para evitar que a calda derreta.

Esta receita rende em média 25 docinhos.

Um Beijo.

13260941_113543722397475_952557500_n

Ganache

Eu sei, eu seiii que fiquei devendo essa cobertura pra você, e que demorei um pouco pra postar, aliás, estou quebrando um jejum de 9 dias sem postar nada aqui no blog 🙁 (nunca fiquei tanto tempo sem aparecer por aqui) mas tive alguns contratempos, e alguns probleminhas técnicos por aqui, mas já esta tudo resolvido e tô de volta, pagando a promessa da receita de cobertura de chocolate pra que você possa fazer em casa.

É bem simples, o que complica nessa receita é o ponto certo do ganache, que precisa muito de paciência pra dar certinho. Os ingredientes são: chocolate em barra para cobertura e creme de leite. O Chocolate que usei pra este bolo foi o Cicão ao leite do grupo Barry Callebaut (belga) que eu amo.

sicao-ao-leite-1200x800

Não é exatamente pra cobertura mas se sai muito bem nessa função, além do sabor ser incomparavelmente melhor que os próprios pra cobertura, que são mais fracionados.

Para fazer, você vai precisar medir a quantidade de chocolate, usando sempre 1/3 dessa medida para o creme de leite. Eu usei 800gr de chocolate para cobrir e decorar e 250gr de creme de leite (1 caixa e pouca). Pique o chocolate, adicione no liquidificador uma pequena parte junto com o creme de leite quente (esquente-o numa panela), bata um pouco e em seguida adicione o restante do chocolate picado.

bolo12-1-de-1

bolo13-1-de-1

Faça este processo lentamente, sempre observando a textura do ganache, e logo em seguida, coloque sobre o bolo cobrindo-o por completo.

bolo14-1-de-1

bolo15-1-de-1

bolo16-1-de-1

Para decorar, é preciso deixar que o ganache “descanse” um pouco e fique com uma textura um pouco mais firme, em ponto de bico, essa parte você vai precisar  de treino, até saber ao certo qual o ponto ideal para decorar com bico.

bolo17-1-de-1

bolo18-1-de-1

O resultado é maravilhoso, fica lindo e muito saboroso. Adoraria que me contasse sua experiência com a ganache. Qualquer dúvida só deixar nos comentários que respondo pra você.

Um Beijo.

13260941_113543722397475_952557500_n